popular:

Bruxelas acredita que Portugal vai mais do que cumprir seu objetivo de déficit para 2017

A Comissão Européia prevê que o déficit de Portugal será reduzido para 1,4% do Produto Interno Bruto (PIB) este ano, um nível que permanecerá em 2018 e que cairá dois décimos mais em 2019, até 1,2%.

Bruxelas, 9 Nov (EFE). - A Comissão Europeia prevê que o déficit de Portugal será reduzido para 1,4% do produto interno bruto (PIB) este ano, um nível em que permanecerá em 2018 e que irá cair Dois décimos mais em 2019, até 1,2%.

A previsão de Bruxelas, publicada hoje nas previsões de queda macroeconômica da Comissão, melhora consideravelmente sua última previsão, emitido em maio, quando calculou que o déficit seria reduzido para 2% este ano e para 1.8% no próximo ano.

A Comissão Européia, com a aprovação do Conselho - os países - fechou o procedimento de déficit excessivo aberto contra Portugal, depois que o país conseguiu reduzir seu desvio abaixo de 3% considerado excessivo.

Bruxelas atribui a melhoria da déficit para a aceleração da recuperação económica lusa e para um investimento público inferior ao previsto, entre outros motivos.

No entanto, ressalta que essa melhoria é " principalmente natureza cíclica "e não acompanhada de medidas de consolidação orçamental.

Por outro lado, Bruxelas levanta a perspectiva de crescimento em Portugal para 2,6% em 2017, embora prevê um abrandamento em sua economia a partir do próximo ano, momento em que o crescimento será de 2,1% e, pelo menos, até 2019, quando se espera que seja de 1,8%.

" Espera que o desempenho econômico (de Portugal) permaneça forte em 2018 e 2019 no meio de um maior crescimento das exportações e uma queda no desemprego ", observa a Comissão em seu No que diz respeito ao desemprego, a Comissão espera que a taxa de desemprego continue a cair, de acordo com a tendência de melhoria dos últimos anos no país, até 9,2% deste ano, 8,3% em 2018 e 7,6% em 2019. Por outro lado, Bruxelas prevê que a dívida portuguesa se recuperará da recuperação que sofreu em 2016, quando superou 130% para 126,4% durante este ano, para 124,1% em 2018 e até 121,1% em 2019.

comentários 0

?
Nenhum comentário para este artigo ainda!
EUR/USD

EURUSD=X

1.1747 -0,00 -0,24%
USD/CHF

CHF=X

0.9581 -0,00 -0,09%
GBP/USD

GBPUSD=X

1.3067 -0,02 -1,54%
USD/JPY

JPY=X

112.5670 +0,09 +0,08%
USD/CNH

CNH=X

6.8451 +0,01 +0,15%
USD/CAD

CAD=X

1.2912 +0,00 +0,06%
IBEX 35

^IBEX

9590.40 +6,70 +0,07%
IBEX MEDIUM..

INDC.MC

15377.30 -38,40 -0,25%
IBEX SMALL ..

INDS.MC

7490.80 +5,90 +0,08%
IBEX TOP DI..

INDD.MC

3047.90 +1,80 +0,06%
FTSE LATIBE..

INDB.MC

1249.20 +9,20 +0,74%
FTSE LATIBE..

INDL.MC

8444.10 +226,10 +2,75%
Abertis Inf..

ABE.MC

18.36 +0,00 +0,00%
Actividades..

ACS.MC

37.83 +1,03 +2,80%
Acerinox, S..

ACX.MC

12.24 -0,03 -0,24%
AENA, S.A.

AENA.MC

150.45 +4,75 +3,26%
Amadeus IT ..

AMS.MC

78.26 +0,46 +0,59%
Acciona, S...

ANA.MC

75.86 -0,12 -0,16%
Financial S..

XLF

28.74 -0,11 -0,39%
VanEck Vect..

GDX

18.78 -0,15 -0,79%
SPDR S&P 50..

SPY

291.99 -0,22 -0,07%
Vanguard FT..

VWO

41.80 +0,17 +0,41%
Direxion Da..

TZA

8.24 +0,12 +1,48%
Utilities S..

XLU

53.06 +0,22 +0,43%
Cookies nos ajudam a fornecer os nossos serviços.
Recuperar senha