popular:

Os Legionários de Cristo geriram renda para educação em paraísos fiscais

Os Legionários de Cristo usaram paraísos fiscais para gerenciar as entradas de seu serviço educacional durante o tempo do fundador Marcial Maciel e que alguns ainda estão abertos, de acordo com o pesquisa internacional "Papers of paradise", divulgada na Itália pelo jornal L'Espresso.

Roma, 12 de novembro (EFE) .- Os Legionários de Cristo usaram paraísos fiscais para gerenciar as inscrições de seu serviço educacional durante a época do fundador Marcial Maciel e que alguns Eles permanecem abertos, de acordo com a investigação internacional "Papers of Paradise", transmitida em Itália pelo jornal L'Espresso.

Neste sentido, o porta-voz do escritório internacional da Os legionários de Cristo, o padre Aaron Smith, explicaram a Efe que todas as sociedades de paraísos fiscais "foram fechadas".

O semanário L'Espresso dedica hoje um novo capítulo ao Os italianos que apareceram nesta investigação jornalística internacional (em que "El Confidencial" e La Sexta participam da Espanha) e explica como a congregação, presente em todo o país mundo, mas com maior incidência no México, Espanha, Argentina e Itália, geriram seus rendimentos em paraísos fiscais desde 1992.

De acordo com a investigação, o fundador da Legião de Cristo, o mexicano Marcial Maciel Degollado, criou nas Bermudas em 1992 a sociedade "A Sociedade para uma Educação Melhor" com o conselho de Appleby.

Em novembro de 1994, o "Serviços Voluntários Internacionais", também com o conselho da Appleby, para "gerir a renda milionária do seu império educacional", assegura a investigação.

Eles calculam que o fluxo de A taxa de entrada foi de cerca de 300 milhões de dólares por ano e o dinheiro de ambas as empresas acaba alimentando o fundo fiduciário Ecyph Limited, com sede nas Ilhas Virgens Britânicas.

Em os registros de Appleby, toda essa rede financeira em paraísos fiscais está ligada ao endereço: Via Aurelia 677, Roma, onde a Direção Geral dos Legionários tem sua sede, acrescenta "L'Espresso".

As investigações do Vaticano desde Maciel antes das acusações de abuso sexual e uso de drogas acabam com a condenação em 2006 do então papa Bento XVI, seu separação e ordem de uma profunda revisão da congregação. Foi comprovado que Maciel, que morreu em 2008, cometeu abuso sexual contra seminaristas, teve várias crianças com diferentes mulheres e era um consumidor habitual de drogas.

De acordo com as novas revelações, antes de serem removidas, em 2 de fevereiro de 2006, Maciel fecha a primeira sociedade no Bermudas.

Somente em 2010, quando a congregação é interposta e o cardeal Velasio de Paolis nomeado como gerente, a segunda empresa é liquidada e o fundo das ilhas é extinto. Virgens.

Os "papéis do paraíso" revelam que em uma conta do Citibank em Nova York em nome dos "Serviços Voluntários Internacionais" foram autorizadas três pessoas leais a Maciel: o sacerdote Jesus Quirce Andrés e os leigos Mario Olivieri Sangiacomo e Javier Vargas Díez Barroso.

O porta-voz dos Legionários de Cristo contou a Efe "que as duas sociedades foram criados por Maciel e permaneceram inativos por muitos anos e foram fechados em 2006 e 2013, respectivamente "

" L'Espresso "revela que a pesquisa também aparece o nome de um advogado italiano Salvatore Trigila, que aparece como liquidatário da empresa Racebrook, com sede no estado de Delaware dos Estados Unidos, e à qual pertencia a mansão em que vivia. Maciel até sua morte.

Tanto a Trigila quanto a Sangiacomo continuam a ter um relacionamento na gestão dos assuntos dos Legionários, diz "L'Espresso".

O porta-voz do EL para os Legionários Ele confirmou a Efe que Trigila ainda está trabalhando no escritório legal do movimento secular, Regnum Christi.

A L'Espresso assegura que o fechamento de empresas em paraísos fiscais não foi completado e que no Panamá ainda existem sociedades abertas nos anos 80 do século 20 e outras em Jersey. Também havia Interger, um fundo de investimento no Luxemburgo, aberto até 2015 e Gerenciei até 40 milhões de euros.

Neste sentido, Smith observou que todas essas empresas "já estavam fechadas".

A consulta semanal entre italianos que têm contas nos paraísos promotores dos herdeiros do empresário Carmilo Crociani, e outros como Andrea Bonini e a família Rovelli.

comentários 0

?
Nenhum comentário para este artigo ainda!
EUR/USD

EURUSD=X

1.1747 -0,00 -0,24%
USD/CHF

CHF=X

0.9581 -0,00 -0,09%
GBP/USD

GBPUSD=X

1.3067 -0,02 -1,54%
USD/JPY

JPY=X

112.5670 +0,09 +0,08%
USD/CNH

CNH=X

6.8451 +0,01 +0,15%
USD/CAD

CAD=X

1.2912 +0,00 +0,06%
IBEX 35

^IBEX

9590.40 +6,70 +0,07%
IBEX MEDIUM..

INDC.MC

15377.30 -38,40 -0,25%
IBEX SMALL ..

INDS.MC

7490.80 +5,90 +0,08%
IBEX TOP DI..

INDD.MC

3047.90 +1,80 +0,06%
FTSE LATIBE..

INDB.MC

1249.20 +9,20 +0,74%
FTSE LATIBE..

INDL.MC

8444.10 +226,10 +2,75%
Abertis Inf..

ABE.MC

18.36 +0,00 +0,00%
Actividades..

ACS.MC

37.83 +1,03 +2,80%
Acerinox, S..

ACX.MC

12.24 -0,03 -0,24%
AENA, S.A.

AENA.MC

150.45 +4,75 +3,26%
Amadeus IT ..

AMS.MC

78.26 +0,46 +0,59%
Acciona, S...

ANA.MC

75.86 -0,12 -0,16%
Financial S..

XLF

28.74 -0,11 -0,39%
VanEck Vect..

GDX

18.78 -0,15 -0,79%
SPDR S&P 50..

SPY

291.99 -0,22 -0,07%
Vanguard FT..

VWO

41.80 +0,17 +0,41%
Direxion Da..

TZA

8.24 +0,12 +1,48%
Utilities S..

XLU

53.06 +0,22 +0,43%
Cookies nos ajudam a fornecer os nossos serviços.
Recuperar senha